Os Salmos possuem a força para curar tanto as doenças físicas como as espirituais. Rompem barreiras refinando o mais baixo e o elevando, tornam-se poderosos abrindo os portões dos céus

Mensagem do Rebe
Se vocês soubessem da força dos versículos de Tehilim (Salmos) e seus efeitos nas Alturas Celestiais, vocês os recitariam a cada momento. Os capitulos de Tehilim quebram todas as barreiras e ascendem cada vez mais alto diante de D-us e 
surtem seu efeito com bondade e misericórdia .

Carta do Rebe

… Conforme é conhecido, há dois comandos na vida espiritual do homem: o da mente e o do coração, o intelecto e as emoções. Da mesma forma, existem dois caminhos para o serviço a D’us, o caminho da prece e o da Torá. A Torá é o nosso intelecto e entendimento e a prece é o “Serviço do Coração” [Talmud Taanit 2a]; conforme explica o Alter Rebe: “Para o coração com o coração”.

No entanto, assim como o resto da criação, que é de D’us Que é Um, é portanto completamente e claramente vista como unificada… Quanto mais com o povo judeu e com todas as coisas santas, dentro das quais a Luz do Todo-Poderoso é revelada; com eles é certamente claro que estão completamente unificados um com o outro.

Por esse motivo, nós encontramos, no Talmud, que Beit Shamai, que era usualmente rigoroso em suas decisões, às vezes era leniente, e Beit Hilel, que era usualmente leniente, às vezes era rigoroso… Isso porque as almas estão entrelaçadas, e cada um deles possuía de forma inata ambas as características, leniência e rigidez…

Assim sendo, obviamente, o mesmo ocorre nos caminhos acima mencionados de serviço a D’us: o estudo da Torá deve também incluir emoção durante o estudo, conforme nossos sábios já disseram, Meguilá 32a, sobre aqueles que estudam Torá sem movimentar-se e sem cantar; com referência a essas pessoas o versículo diz: ‘E Eu lhes darei estatutos que não são bons’, Ezequiel 20:25. Além disso, antes de estuda a pessoa deve fazer uma bênção, o que significa que ela deve sentir a preciosidade do estudo da Torá, para ele seja parte do seu coração. Além disso, “a Torá sem temor e amor a D’us não pode dirigir-se ao céu para chegar perante o Todo-Poderoso”.

Assim também é com a prece. Embora ela seja o “Serviço do Coração”, não obstante, antes de rezar deve-se pensar e meditar sobre a exaltação do Senhor e a pequenez do homem; e, durante as preces, ele deve sentir como se D’us estivesse diante dele. Além do mais, à prece sem concentração não é considerada prece. Só à prece já contém partes que são louvores ao Todo-Poderoso, o que significa uma ligação com a emoção.

O próprio Livro dos Salmos também é entrelaçado: o pensamento intelectual e a meditação sobre a exaltação de D’us, e em Sua Sabedoria, grandeza e força poderosa, certamente fazem alguém amá-Lo e temê-Lo, e ambos, amor e temor, são emoções.

Além disso, a prece na Torá, a qual, conforme já mencionado, inlcui o Livro dos Salmos, deve também ter seu profundo estudo e compreensão.

Isso é sugerido nas palavras da abertura do Salmo 90: “Uma prece de Moshê”, significando que eles, a prece, o “Serviço do Coração”, e Moshê, sobre quem a Torá , o intelecto, recebe o nome, serão completamente unificados.

Com estima e bênção,

Assinatura do Rebe

  • Fonte: pt.chabad.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *