Uma Mensagem para Chanucá – Por Rabino Gloiber

 

Mensagem para Chanucá:

Um vínculo entre o capricho no cumprimento das Mitzvot e os Milagres que nos acontecem
Nossos Sábios nos contam que especificamente nessa mitzvá do milagre de Chanucá encontramos não só o nível de capricho na mitzvá mas também um nível de “super capricho”.

A Guemará em Brachot nos conta que o “Shemá” é lido antes do “Vehayá im shamoa” porque temos que assumir antes a submissão ao “Governo Divino” e depois a submissão aos “Mandamentos Divinos”.

A remuneração Divina para isso é, como está escrito: “Se vocês cumprirem os meus preceitos eu vou dar a chuva na hora certa e etc.” Conduta Divina totalmente favorável mas dentro dos padrões naturais.
Na prática vemos que quem faz uma coisa somente por submissão ou temor não fará nada mais a não ser a obrigação , porque por ele próprio preferiria estar livre de tudo isso mas faz só por obrigação.

Um nível superior à esse é quando nos refinamos e subjugamos nosso “yetzer hará”(má inclinação), como diz o Rambam “Não só que essa pessoa cumpre a própria Mitzvá (mandamento Divino) mas também capricha no cumprimento dela e cumpre detalhadamente também o que ele não é tão obrigado a fazer .
Nesse caso o mesmo acontece com a remuneração Divina pelo cumprimento dessa Mitzvá (que mesmo sendo essa remuneração imensurável e estar guardada para nós no próximo mundo, recebemos os frutos dela aqui nesse mundo), como nos conta a Guemará em Sanhedrin que todas as atitudes Divinas estão sincronizadas com as nossas atitudes, então Hashem dá para nós não só a “chuva na hora certa”(bens materiais) que vem dessa conduta Divina totalmente favorável mas dentro dos padrões naturais, ou seja, a obrigação Divina , não só isso recebemos mas ainda mais, o comportamento Divino em relação à nós vai ser VIP , e se dentro dos padrões normais de uma conduta Divina natural teríamos que passar por alguma tragédia, nos livramos disso por meio de um milagre sobrenatural.
Capricho e super capricho

Os Milagres da saída do Egito , das nuvens que protegeram o nosso povo no deserto , de Purim e etc aconteceram a princípio para salvar o nosso povo de uma tragédia que poderia acontecer ou que estava acontecendo, e portanto nas Mitzvot ligadas a esses milagres estão somente em um nível de Mitzvá e capricho na Mitzvá, mas no milagre de Chanucá, fora o milagre da vitória da guerra contra os greco-sirios que nos salvou de uma tragédia , D’us entregou fortes na mão de fracos e etc, ainda temos o milagre do azeite que não aconteceu para nos salvar de uma tragédia mas sim para demonstrar o carinho Divino por nós, foi um milagre que aconteceu somente para podermos cumprir as Mitzvot, portanto foi acrescentada a essa Mitzvá um carinho especial, um “super capricho”

Conclusão:
Quem de nós no nosso país e na nossa época não precisa de verdadeiros Milagres! Então, vamos caprichar nas Mitzvot!!!

Agradecemos ao Sr Fábio Spuch e linda família pela sua doação e à Fernanda e Elias Messer que por meio do fundo filantrópico da sua empresa Line Life patrocinam a nossa ONG TORÁ. Que Hashem dê à eles e à todos vocês muito sucesso muita saúde muito dinheiro e felicidades judaicas de toda a família

Um comentário em “Uma Mensagem para Chanucá – Por Rabino Gloiber

  1. Shavua Tov e Happy Chanucá Sameach…!!! Todah Rabah Rabino Gloiber…!!! Um grande abraço e que HaShem lhe conceda muitas berachot de sucesso, saúde, prosperidade e que nunca falte nenhum bem pro Sr. e sua família…!!! B’H…!!! Shalom, Shalom…!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s